Visitar

Parque Terra Nostra – São Miguel, Açores

Um bocadinho de enquadramento…

Conta com mais de 200 anos e uma área de 12.5 hectares. Situa-se no Vale das Furnas, na cratera de um vulcão adormecido desde 1630. Começou a ficar popular apenas no final do séc. XVIII devido ao crescente interesse no uso de águas minerais para o tratamento de doenças como o reumatismo e a obesidade. 

Sobre o Parque…

A entrada é paga, 8€ por adulto, o bilhete dá-vos acesso a todo o parque e às termas do mesmo. Existe uma piscina grande, esta é a mais conhecida, quase o cartão de visita da casa e uma paragem obrigatória no passeio! A água está quente mas q.b. (a informação do parque é que está entre 35º a 40º). Além disso, tem uma cor terrosa pois está enriquecida naturalmente com ferro, cálcio, magnésio e outros minerais essenciais à pele humana.
Também existem outras piscinas mais pequenas que são intitulados de jacuzzis. Nesses locais a água é mais quente, ou pelo menos parece, esta sensação talvez seja por se tratarem de zonas mais pequenas, logo existe uma maior concentração do calor. Dentro dessas piscinas mais pequenas existem jactos de água e pequenas cascatas, logo a sensação é a mesma que a de um jacuzzi, mas este é natural!
Existem balneários onde podem trocar de roupa, ou vestir o fato de banho, e um chuveiro para se passarem por água depois do banho nas termas. As condições dos balneários não são extraordinárias, mas são suficientes para o efeito.

Consoante a altura do ano o parque disponibiliza sugestões de roteiro, recebem essa informação logo na entrada com os bilhetes.

Além do tanque termal o parque também é conhecido pela sua vasta diversidade de plantas. É possível ver uma das maiores colecções de camélias conhecidas, mais de 600 ou uma Alameda de Gingko Bilobas centenárias.

Dentro do parque também existe um Hotel e o respectivo restaurante.

A minha experiência…

O Parque Terra Nostra foi um dos locais que mais gostei de conhecer em São Miguel! É um paraíso para quem gosta de fotografia e/ou botânica, algumas zonas remetem-nos para locais paradisíacos!

Quanto à água quente em geral das termas…Sinceramente eu achava que ia gostar mais do que gostei, para mim é um pouco aflitivo a água quente e ambientes com vapor muito pesado, como fui no Verão também acabou por não ajudar à experiência. No entanto, adorei o tanque termal grande porque a água estava apenas morna. Além disso, notei muito diferença na minha pele, depois do banho ficou muito suave e luminosa. Também notei bastante diferença nos músculos, o efeito foi quase igual ao de levar uma massagem, senti-me leve e relaxada. É impressionante o potencial das águas termais.

Quanto ao trajecto do passeio, nós seguimos o roteiro de Verão sugerido pelo parque e gostámos imenso! Andámos bastante é verdade mas não custou nada porque íamos parando várias vezes pelo caminho para apreciar o parque e para tirar umas (muitas) fotografias. Não é uma beleza tão “natural” como a que se pode ver em geral nos Açores, nota-se que muitas plantas foram lá colocadas estrategicamente, mas mesmo assim tem o seu encanto. Também se nota que o parque tem uma óptima manutenção e todo o espaço é mesmo muito agradável.

Apreciação Final…

Acho que vale mesmo a pena a visita e compensa o valor da entrada. Aconselho-vos a agendarem pelo menos uma tarde inteira para o parque, assim conseguem visitar primeiro sem pressas e depois apreciar a piscina. Nós entrámos ao meio dia e saímos por volta das 18h. Obviamente é um parque, logo só vão apreciar a visita se forem minimamente amantes da natureza, mas acho que quem vai a São Miguel já leva isso em mente, porque toda a ilha é um jardim.

Informações úteis

Website: http://www.parqueterranostra.com

Preços: Crianças: € 4.00 | Adultos: € 8.00 (com acesso às termas)

Localização:

(informação actualizada em Fevereiro de 2019)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*